«

»

fev 21

Preocupe-se com conteúdo duplicado

A probabilidade de termos problemas com conteúdo duplicado é muito pequena, e o mesmo se aplica para qualquer projeto de SEO de qualidade desenvolvido por outros webmasters. Ao mesmo tempo,
o algoritmo do Google deve ser o minimamente inteligente para identificar pequenas falhas involuntárias de sites de qualidade. Existem sinais, porém, de que o Google começou a ser menos complacente com esses deslizes.

Por outro lado, espera-se que o algoritmo do Google consiga interpretar qual o conteúdo original, e exibi-lo dessa forma acima das páginas copiadas. Para isso, um dos fatores utilizados por ele é a data de indexação do conteúdo. Quanto mais antigo, maior a probabilidade desse conteúdo ser o original, e com isso ser exibido antes de páginas copiadas. Para saber se o seu conteúdo original é de fato o conteúdo considerado original pelo Google, faça uma busca no Google por um parágrafo de seu conteúdo, iniciando e terminando a busca com aspas. Se o seu site aparecer em primeiro, o Google cumpriu a sua missão!

Algumas soluções e precauções:

Denunciar – Caso seu conteúdo tenha sido copiado, acesse a Ferramenta
para Webmasters do Google e reporte como Spam o site que o copiou. Não é
garantido que o Google tome uma ação em relação à denuncia, mas é um primeiro
passo. Ao mesmo tempo, a ação do Google pode inclusive já ter sido tomada, caso
o Google tenha identificado automaticamente a duplicidade de conteúdo.

Conversar – Em alguns casos, ligar ou enviar um e-mail ao proprietário do
site que copiou seu conteúdo resolve o problema, ainda mais se for o seu
advogado que realizar a conversa;

Seu site – Usando o Copyscape, faça uma busca para cada página de seu
site, e veja se páginas do seu próprio site aparecem com conteúdo duplicado,
tomando as ações necessárias para corrigir o problema. Redija novo conteúdo ou
elimine do índice do Google páginas duplicadas com o Robots.txt;

Site – Faça uma busca no Google por site:(url de seu site.com.br) e
procure por páginas de conteúdo idêntico;

Redirect 301 – Caso o seu site possua páginas duplicadas, como por
exemplo a versão com e sem www sendo indexadas, programe em seu servidor um
redirecionamento permanente (301) de uma versão para a outra. Veja abaixo como
realizar um redirecionamento 301 para servidores Apache;

Canonical Tag – Informe ao google que seu conteúdo não é original. Veja a
explicação abaixo;

Redirecionamento 301

Em servidores Apache, o método mais comum de se aplicar o redirecionamento 301 é
utilizando o arquivo “.htaccess” . Dentro desse arquivo é inserido um código em
expressão regular como por exemplo:

RewriteCond %{HTTP_HOST} ^meusite\.com\.br$ [OR]

RewriteCond %{HTTP_HOST} ^www\.meusite\.com\.br$ [OR]

RewriteCond %{HTTP_HOST} ^meusite\.com\.br\/$

RewriteRule ^index\.html\/?(.*)$ “http\:\/\/www\.meusite\.com\.br\/$1” [R=301,L]

Neste exemplo basta substituir a palavra “meusite” para o nome do seu site.

Canonical Tag

Este é um método mais simples que o anterior, mas também muito eficiente. A
utilização da Canonical Tag permite-nos informar ao Google qual a página que
possui o conteúdo original, de onde foi copiado o conteúdo. Com a sua
utilização, podemos copiar trechos ou mesmo páginas inteiras de outras páginas
de dentro ou fora de nosso site, sem corrermos o risco de sofrermos alguma
penalização por isso. A Canonical Tag é inserida dentro da página que copiou o
conteúdo, mais especificamente dentro da tag <head>. Veja o exemplo:

<link rel=”canonical” href=”www.meusite.com.br” />

Neste exemplo basta substituir a URL href=”www.meusite.com.br” pela página que
possui o conteúdo original, de onde foi copiado o conteúdo.